As 10 tendências em tecnologias para 2023, segundo a Gartner

mulher consultando tablet em seu escritório iluminado

Pesquisa da consultoria elegeu as principais tendências em tecnologia para o ano e aponta que CEOs pretendem manter o investimento na área, o que deve impulsionar o setor.

Todo início de ano, consultorias dos mais variados setores revelam o que será tendência e ditará regras nos próximos meses. Quando pensamos em investimentos ou inovações, a tecnologia é um dos setores que segue em alta na maioria das análises. Pensando nisso, a Gartner, referência no que diz respeito à consultoria e pesquisas no setor de tecnologia, elegeu 10 tendências em tecnologia que nortearão o ano de 2023. Elas circulam entre quatro modalidades: Otimização, Escalada, Pioneirismo e Tecnologia Sustentável.

Uma pesquisa realizada pela consultoria mostrou que 94% dos CEOs pretendem manter e/ou acelerar a transformação digital de suas empresas, ocasionadas principalmente pela pandemia. Sendo assim, conhecer essas tendências e os impactos que elas causarão podem te ajudar a escolher seus investimentos no setor.

Abordaremos cada uma delas a seguir.

Otimização

Escalada

Pioneirismo

Tecnologia Sustentável

As principais tendências em tecnologia no portfólio da Organismo

Você também vai gostar de ler: Tendências 2023: confira o que será destaque este ano para diversificar seus investimentos

Otimização

A otimização se refere a melhorar os sistemas de TI de modo a garantir maior confiabilidade e melhorar a tomada de decisão baseada em dados e, ainda assim, manter a integridade dos sistemas de inteligência artificial. Dentro da otimização, está o sistema imune digital (DIS, sigla em inglês), cuja função é combinar práticas e tecnologia de observabilidade, realizar maiores testes de IA e fornecer softwares de segurança a fim de aumentar a resiliência de sistemas, produtos e serviços. O DIS fornece um modelo que mitiga riscos e falhas potenciais enquanto oportunidade de aprendizado para criar uma melhor experiência de usuário, resistente a falhas. 

Por diminuir o tempo de inatividade, a Gartner estima que, até 2025, organizações que investem em DIS devem aumentar a satisfação do cliente em 80%. Os pontos de destaque do sistema imune digital são: criar bases seguras, acelerar o digital, proteger e expandir a marca.

O tópico apresentado é a observabilidade aplicada, que consiste na aplicação de dados observáveis de forma orquestrada a fim de permitir uma latência mais curta de ação e reação. Até 2026, 70% das organizações que aplicarem a observabilidade de forma bem-sucedida devem ter mais planejamento para tomada de decisões rápidas e precisas.

O terceiro item desta seção é o gerenciamento de confiança, risco e segurança em IA (AI TRiSM, na sigla em inglês). Ele oferece suporte à governança do modelo de IA, confiabilidade, imparcialidade, robustez, eficácia e privacidade. Até 2026, as empresas que investirem em AI TRiSM deverão ter 50% de melhoria nos resultados em relação a meta de negócios e aceitação de usuário.

Escalada

A escalada trabalha em função de acelerar ofertas verticais, aumentando o ritmo de entrega de produtos e permitindo conectividade em qualquer lugar. Sobre esse assunto, a Gartner elegeu as plataformas na nuvem dentro da indústria como a grande tendência. Segundo a consultoria, elas devem ser usadas por mais de 50% das empresas a fim de acelerar os negócios. Nesse sentido, um dos grandes destaque para 2023 é o cloud computing, como também são chamadas essas plataformas.

Outra boa perspectiva é no setor de engenharia de software, capaz de otimizar e desenvolver a entrega digital. A Nike, por exemplo, construiu softwares que permitem à empresa responder mais rapidamente às mudanças, acelerar o tempo de lançamento no mercado, aumentar a escalabilidade e diminuir custos operacionais. A ideia de tais plataformas é facilitar a usabilidade dos usuários finais, com autoatendimento sem atrito e com recursos necessários para permitir que os usuários consigam realizar um bom trabalho com o mínimo de esforço, o que, por consequência, aumenta a produtividade. Aliás, o setor corre o risco de falta de mão-de-obra qualificada, chamada também de apagão tecnológico.

O sexto item da pesquisa da Gartner se refere à valorização das redes wireless. A integração de várias tecnologias sem fio deve fornecer uma solução mais econômica, confiável, além de uma base técnica que reduz despesas. A realização de valor wireless abrange tanto o usuário final tradicional, quanto qualquer aparelho da indústria que exija conectividade para operar e atender todos os ambientes. Futuramente, a rede sem fio deixará de ser apenas tecnologia de comunicação e se transformará em uma plataforma de inovação digital mais ampla.

Leia também: O armazenamento em nuvem é o futuro: o Cloud Computing como tendência para 2023 e para os próximos anos

Pioneirismo

O pioneirismo trata de proatividade, mudar o modelo de negócios a fim de reinventar o envolvimento com os funcionários e clientes, além de acelerar estratégias para explorar novos mercados virtuais. A partir disso, uma das tendências tecnológicas pioneiras é o superapp, que consiste em um aplicativo que fornece aos usuários finais um conjunto de recursos, junto ao acesso de mini aplicativos, criados de forma independente. A ideia dos superapps é oferecer experiências consistentes e personalizadas.

Estima-se que, em 2027, mais de 50% da população mundial consuma diariamente vários super aplicativos. Os usuários podem descobrir e ativar seus próprios conjuntos de aplicativos, proporcionando uma experiência altamente personalizada e digital contextualizada dentro de um único aplicativo.

Além dos superapps, uma tendência pioneira também é a IA adaptável. O valor da inteligência artificial operacionalizada consiste na capacidade de desenvolver, implementar, adaptar e manter a IA em diferentes ambientes de uma empresa. Dada a complexidade do projeto e a demanda rápida do mercado, é essencial desenvolver pipelines de engenharia de IA menos rígidas e capazes de se auto-adaptar à produção.

O penúltimo item desta lista se refere ao metaverso, que une temas e tendências em tecnologia que, individualmente, são projetadas para proporcionar novas oportunidades e desafios. Pode ser vista também como uma inovação combinatória, em que une outros itens desta mesma lista, por exemplo.

Tecnologia sustentável

A quarta modalidade também é o último item da listagem das tendências em tecnologia para este ano. De acordo com a Gartner, até 2025, 50% dos CIOs (Chief Information Officer) terão métricas de desempenho diretamente ligadas à sustentabilidade da empresa. A tecnologia sustentável é uma estrutura de soluções que aumentam a energia e eficiência material dos serviços de TI. Ela permite também a sustentabilidade empresarial por meio de tecnologias como rastreabilidade, análise, energia renovável e outros. Outro ponto é ajudar os clientes a se tornarem mais sustentáveis por meio de aplicativos, software, mercados e muito mais.

Os investimentos em tecnologia sustentável também têm o potencial de criar maior resiliência e desempenho financeiro, enquanto proporciona novos caminhos de crescimento. A tecnologia sustentável é uma estrutura de soluções digitais que podem ser usadas para possibilitar resultados ESG.

As tendências em tecnologia no portfólio da Organismo

A Organismo sabe que investir em tecnologia é o futuro! Por isso mesmo, contamos com empresas do setor em nosso portfólio. Um exemplo é a BMS Tecnologia, uma empresa que oferece soluções para o chão de fábrica. Sua captação foi encerrada em 2021, mas algumas cotas estão disponíveis em nosso mercado subsequente.

Outra empresa de nosso portfólio que tem tudo a ver com as principais tendências em tecnologia tratadas nesse artigo é a  desenvolvedor.io. A Edtech é uma plataforma de cursos de programação e, por esse motivo, se configura como o motor inicial que fará com que toda essa revolução aconteça, uma vez que, para que haja inovação, é preciso que o mercado conte com profissionais qualificados trabalhando na área.

Os materiais e documentos referentes à essas ofertas podem ser encontrados na plataforma da Organismo. 

Acesse, conheça e invista!

Você também vai gostar de ler: Apagão tecnológico – como esse problema pode ser uma boa oportunidade de investimento

Leia também